Gestão Escolar: O que é, estratégias e TUDO sobre

Posted by: Escola em Movimento
Category: Comunicação Escolar

Você pode ser alguém novo na gestão escolar, ou pode ser já alguém muito experiente. No estágio de iniciante ou mestre, algo não muda: você tem sempre o que aprender e melhorar.

Dificilmente alguém chega a gestão de uma escola sem a consciência da importância de se aprender com os erros, se aperfeiçoar constantemente e ficar por dentro sobre as melhores práticas do mercado.

A importância de uma boa gestão escolar vai até além das funções de lideranças de grandes empresas, isso porque ela impacta não somente nos resultados financeiros da instituição de ensino, ela também se reflete no futuro da sociedade.

Se um gestor de uma empresa de tecnologia falhar continuamente, aquela empresa tende a ter prejuízo e a ferramenta pode se tornar obsoleta com o tempo.

Se um gestor de uma escola fizer o mesmo, além do prejuízo financeiro em determinado prazo, centenas ou milhares de crianças e jovens podem não desenvolver todo seu potencial.

Isso, é claro, é bem pior. Se por um lado o desafio é complexo, por outro, é também muito nobre. Logo, discutir e refletir sobre as boas práticas de gestão escolar faz bem não somente à escola, como para todo mundo! Vamos nessa?

O que é a Gestão Escolar?

Gestão Escolar é a forma de administrar a escola como um todo.

Podemos dizer com tranquilidade que a função de um gestor escolar é uma das mais desafiadoras, afinal, a escola é um negócio completamente diferente dos demais.

Ter lucro é necessário, claro, mas a missão da instituição de ensino envolve muita coisa, como lidar com sonhos, valores e, sem nenhum exagero, ajudar a formar o futuro da sociedade.

O mundo vem mudando cada vez mais rápido, devido às novas tecnologias. As necessidades dos colégios também. A escola do futuro deverá formar adultos resilientes. Já que as mudanças acontecem em um ritmo cada vez mais rápido, saber se adaptar a elas será uma habilidade fundamental.

Logo, a gestão também precisa se adaptar às transformações, para que a sua escola possa crescer e atingir todas as metas.

A Gestão Escolar compreende todos os setores, mas podemos citar os principais, o pedagógico, o administrativo, o financeiro e o RH.

A Habilidade que faz toda Diferença: Capacidade de Liderar

Em sua palestra no Ted Talks, a Nova Liderança Escolar, o professor Donte Quinine conta a sua interessante visão sobre liderança.

Se você é capaz de fazer amigos e influenciar pessoas, está pronto para ser um líder.

Essa visão mais moderna de liderança indica que alguém que inspira vai ter muito mais sucesso do que alguém que apenas dá ordens.

Mesmo em um colégio, ninguém precisa que os líderes guiem todos os seus passos.

Poucos ambientes de trabalho podem ser tão ricos de histórias e possibilidades como uma escola.

Ali o futuro pode ser formado. Pessoas aprendem novas habilidades e podem se tornar mais humanas.

A Gestão Administrativa deve sim pensar em números, eles são importantes; e também em tecnologia, ela aumenta a produtividade.

Mas o foco deve ser sempre as pessoas.

Donte cita uma frase, de autor desconhecido, que para ele resume o papel de um líder:


Donte também expõe que não necessariamente a liderança precisa de momentos extraordinários para ser exercida.

Ele conta três momentos simples em que sentiu-se como um bom líder, em sua experiência em escolas.

Quando uma garota invadiu sua sala, lhe deu um grande abraço e o agradeceu por ter conseguido um estágio, graças a uma carta de recomendação feita por ele.

Quando um aluno foi lhe contar sobre seus dramas no relacionamento com a namorada. O simples fato de ouvi-lo o fez se sentir melhor.

Quando o estudante ia se casar na semana seguinte e pediu sua ajuda para aprender a dar o nó na gravata.

Ele explica que, para ele, isso é liderança. Não uma pessoa extraordinária ditando os passos dos outros.

Então, para uma boa Gestão Escolar, vale também focar nas coisas simples, que podem ser extraordinárias.

Que competências e habilidades um bom gestor deve ter?

Como falamos acima, a Gestão Escolar deve ser exercida por bons líderes.

Os melhores são aqueles capazes de criar um ambiente onde as pessoas se sintam aptas a desenvolverem seu potencial e executarem suas tarefas.

James C. Hunter, autor do Best Seller sobre liderança “O Monge e o Executivo”, defende que o melhor líder é um servidor.


Na escola é também necessário saber aparar bem as arestas, ser capaz de estimular a cooperação entre todos.

Ter inteligência emocional é também algo fundamental para que consiga lidar bem com todos os desafios do dia a dia.

Para a boa Gestão Escolar, é bom que os profissionais da direção conheçam a fundo o propósito da escola e ajam conforme a missão da instituição de ensino.

Entender de educação, saber bem o que as famílias esperam, compreender quais são os maiores desafios de cada setor da instituição, tudo isso vai culminar em uma Gestão Escolar.

Então, acima das capacidades administrativas, é necessário conhecer profundamente a essência do seu negócio: ensinar.

Para chegar neste ponto, é necessário muito estudo, vivência, foco e energia, como você já deve imaginar.

Por ser a função de maior relevância em um colégio, um bom gestor deve unir habilidades técnicas e emocionais, e deve buscar se atualizar sempre.

Uma boa gestão também requer diálogo entre a direção e os demais atores.

Quando não dá para dialogar com todo mundo, é importante fazer ao menos uma pesquisa por ano, tanto com as famílias como os colaboradores, para identificar pontos de melhoria.

Entenda melhor como enviar pesquisas via Agenda Digital assistindo este vídeo.

Temos um conteúdo complementar, um dos mais lidos do nosso blog, sobre as funções do diretor escolar no dia a dia. Confira aqui

A Gestão Escolar Pedagógica e a Direção do Aprendizado

A gestão pedagógica é um dos principais pilares da Gestão Escolar.

Afinal, o desenvolvimento e formação de competências e habilidades profissionais e pessoais dos alunos é o principal objetivo de toda escola.

Uma boa gestão pedagógica envolve uma escolha inteligente de recursos e boa estruturação dos processos.

Dessa forma, pode haver interdisciplinaridade e os professores podem planejar suas aulas corretamente.

Com um bom planejamento escolar, diferentes educadores terão mais informações sobre cada uma das salas para tratar de diferentes temas.

Os processos são divididos na gestão do currículo, gestão da ação docente, gestão do patrimônio e gestão dos resultados.

Procure também sempre investir na formação da sua equipe. Se atualizando e crescendo constantemente, os educadores estarão mais motivados.


A Gestão de Recursos Humanos: Potencialize os Talentos

Esta parte, apesar de ser muito subestimada em muitas escolas, é essencial.

Afinal, o que são os negócios sem as pessoas?

Os professores são protagonistas em sua escola? Eles devem se sentir valorizados, só assim vão poder exercer todo o potencial do seu trabalho.

Ouvi-los, entender o que é importante para eles, dar atenção e respeito são ações simples que vão ajudar a gestão e a coordenação a criarem um ambiente escolar harmônico.

Afinal, se a missão da escola é educar para o futuro, ela deve começar pelo exemplo em seu próprio ambiente.

Ter um ambiente agradável, onde exista bom humor, companheirismo e busca constante pelo crescimento vai ajudar sua instituição a reter e atrair os melhores talentos.

É ilusão achar que cobrança excessiva vai fazer os profissionais das instituições de ensino renderem melhor.

Nenhum bom educador deseja trabalhar em uma escola que não leva em consideração seus desejos, sentimentos e que seja indiferente à sua vida.

Se o contrário disso acontece, e a direção da escola se preocupa verdadeiramente com seus colaboradores, o papel de liderança é exercido corretamente.

“Uma escola que não respeita a diversidade de seus funcionários, jamais respeitará a diferença de suas crianças”,  Rafael de Oliveira Leme.

A Importância do Planejamento Escolar

Para uma boa Gestão Escolar, o planejamento é essencial.

Antes do início letivo, reúna toda a equipe de professores e coordenadores pedagógicos para discutirem sobre o planejamento da escola.

Apresente todas as métricas importantes que tiver, das avaliações feitas em anos anteriores. Os números sempre podem nos ajudar a tomar decisões melhores.

Não necessariamente o planejamento precisa ser concluído no momento da reunião, mas é importante fazer algumas perguntas e registrar as principais informações passadas pelo corpo docente.

Algumas perguntas vão ajudar a direcionar o planejamento:

  • Quais foram os maiores erros cometidos?
  • Quais foram os maiores aprendizados no último ano letivo?
  • O que pode ser aprimorado?

O planejamento servirá para estabelecer os principais objetivos ao longo do ano e o que será ensinado. Sem estabelecer metas e sem organização, sua escola pode não ter rumo, nem uma identidade forte.

Fluxo de Caixa na Escola – O que é e como organizar?

Há uma infinidade de produtos e serviços inovadores à disposição da Gestão Administrativa para melhorar os resultados da escola.

Algumas ferramentas ajudam na redução de custos, como quando a escola troca a agenda de papel pela digital, e também ajudam a melhorar a produtividade dos colaboradores.

Para os pagamentos das taxas do dia a dia, o Escola Pag permite imensa facilidade para o envio das cobranças, e também para a organização dos recebimentos.

Mesmo com a ajuda da tecnologia, ter o controle do orçamento da instituição ainda é um grande desafio, como para qualquer outra empresa.

O fluxo de caixa nada mais é do que todo o controle de receitas, despesas, contas a pagar ou a receber, investimentos e inadimplência em determinado período.

O quê priorizar? Que tipos de gastos são os mais importantes? Quais geram o maior retorno?

Ter alguém com boa experiência na área financeira e que conheça a fundo a realidade da escola vai tornar este desafio mais simples.

Usar um bom Sistema de Gestão tende a facilitar a organização das informações e também otimizar o trabalho de todos os colaboradores.

Como Fazer a Captação de Novos Alunos?

Mesmo que a sua escola não queira crescer e já tenha atingido o número máximo de alunos por série, ela vai precisar captar novos alunos, como você já sabe.

Com novas turmas formadas todos os anos, o ideal é que no momento que o aluno se matricula, você consiga registrar por qual razão a família escolheu a sua escola.

Foi indicação de alguém? Ela encontrou no Google? Nas redes sociais? Viu alguma campanha de marketing? Se sim, qual?

Esta simples pergunta vai te ajudar a entender qual o canal de tração de alunos mais eficiente.

Se está sendo a indicação, porque não pensar em um programa para recompensar quem indica?

Se foi alguma campanha específica, vale a pena direcionar mais recursos para ela, e talvez diminuir os gastos e foco com outro canal que não vem trazendo tanto resultado.

A capacidade de cada tipo de canal de tração de alunos (marketing digital, anúncios offline, etc) depende muito também da região em que sua instituição de ensino está localizada.

Portanto, testes e análise das métricas vai te ajudar a identificar o que mais funciona para atrair novos estudantes.

Como ter Sucesso na Retenção de Alunos?

A retenção de alunos têm muito a ver com o sucesso de todas as áreas da sua escola.

Afinal, o modo mais fácil e seguro para ter uma boa taxa de retenção é atingir as metas estabelecidas.

Com os objetivos cumpridos, as famílias tendem a estar satisfeitas e com isso o sucesso é algo natural.

Realizar pesquisas de satisfação com os pais também é algo que pode ajudar a escola a se antecipar a insatisfações e agir para diminuir o atrito.

Ao usar uma Agenda Digital, tenha um canal de atendimento “Sugestões, Críticas e Elogios” para que as famílias possam se expressar, isso favorece o diálogo.

Entender também o que pensam os alunos é importante. Ao realizar pesquisas você pode identificar tendências e, com os dados, pode conseguir reduzir a evasão escolar.

A Gestão da Comunicação: Promova a imagem da sua instituição

Em um ambiente cada vez mais competitivo, a comunicação vêm se tornando cada vez mais imprescindível nas escolas.

A Gestão Escolar deve se preocupar com a comunicação por vários aspectos.

Primeiro, uma comunicação é importante para fortalecer a parceria com os pais. Diversas pesquisas mostram como o engajamento das famílias ajuda no desenvolvimento educacional dos estudantes.

Segundo, uma boa comunicação vai te ajudar a reter alunos. Sabendo o que a sua instituição faz de bom, sua marca torna-se mais forte, e o valor gerado passa a ser notado.

Terceiro, uma comunicação bem feita vai te trazer novos alunos.

Por último, ajuda também a deixar os colaboradores da instituição mais engajados.

Ter uma ferramenta de comunicação facilita toda a gestão. A escola pode configurar a tecnologia conforme a sua necessidade.

É possível otimizar, medir, testar e controlar todas as permissões, criar canais personalizados e elevar o patamar da comunicação.

As estatísticas geradas para os administradores do sistema podem ajudar a entender que tipo de mensagem os pais mais gostam de receber, quais deles estão mais engajados e quem são aqueles que estão mais distantes.

Procure também estimular a equipe a compartilhar bons conteúdos via Agenda Digital. Criar álbuns de fotos, enviar informações da rotina, das atividades em sala de aula, e tudo mais vai trazer bons frutos.

Descentralização da Gestão: Estimule outras lideranças na escola

Como a Gestão Escolar envolve as áreas pedagógica, financeira, administrativa, de recursos humanos e comunicação, é essencial ter colaboradores de confiança em cada uma dessas áreas, se possível.

Ter todas as responsabilidades sob apenas uma pessoa é um erro, a não ser que a sua escola seja realmente muito pequena.

Afinal, é impossível conhecer todos os detalhes de cada um dos setores. Logo, com especialistas em cada uma dessas áreas, eles devem ter autonomia para tomarem decisões.

Mesmo que errem, devem ser estimulados a terem perfil de líder e então tentarem novamente e acertar. Nenhuma instituição é perfeita, mas quando há esforço, os resultados sempre acabam aparecendo, e o crescimento é contínuo.

Conclusão

No texto, procuramos discutir alguns dos principais temas relacionados à Gestão Escolar. No entanto, sempre se recorde que cada escola tem a sua própria realidade.

Não existe fórmulas prontas, nem escolas perfeitas.

Mas todos ganham quando buscamos aprendizado e crescimento.

Os recursos são diversos, a cultura local interfere bastante.

As necessidades e os anseios das famílias são diferentes.

Esperamos que tenha gostado das nossas dicas.

Caso queira acrescentar algo, deixe sua dica nos comentários! 🙂

PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 voto(s), média: 5,00 de 5)
Loading...