Quais as verdadeiras funções do coordenador pedagógico na escola?

Posted by: Escola em Movimento
Category: Comunicação Escolar
Quais as verdadeiras funções do coordenador pedagógico na escola?

O que constrói a singularidade de uma escola? Cada instituição de ensino tem uma formação única, um projeto político pedagógico específico, e diretrizes que são norteadoras pelos valores que cada instituição escolar visa perpetuar.

As particulares de cada escola se baseiam nos próprios atores da escola: os gestores, professores, auxiliares de apoio e também os alunos e seus pais. A qualidade das relações construídas na escola está diretamente ligada às características de cada uma dessas pessoas.  Por isso, é necessário cuidado e boa condução nos processos de atendimento e comunicação interna e externa.

As relações pedagógicas criadas em um ambiente escolar são diversas, quais sejam: relação direção-professor, professor-professor, aluno-aluno, professor-aluno, direção-pais. Nesse contexto, cabe destacar a grande importância de um coordenador pedagógico. Neste post, vamos falar mais de sua função, acompanhe!

O Coordenador Pedagógico e as suas atribuições

O Coordenador Pedagógico alcança uma função de destaque no contexto escolar. Isso porque suas funções são de articulação, formação e de transformação. Esse profissional age como mediador entre o currículo e os professores, bem como entre pais de alunos e corpo docente.

Sua função mediadora o torna capaz de revelar os significados das propostas curriculares e articulá-las junto aos professores. Assim este profissional pode viabilizar este trabalho dos professores de acordo com as diretrizes pedagógicas e socioculturais da escola.

Ao mesmo tempo, um coordenador pedagógico deve desenvolver amplamente sua capacidade de comunicação. Visto que o principal elo entre escola e pais de alunos são os coordenadores. A comunicação é um aspecto chave para uma boa gestão escolar.

Como ajudar a fortalecer a parceria dos pais e a escola? Como ajudar os professores a melhorarem o aprendizado dos alunos? É um desafio e tanto, e dada a importância disso, abaixo damos algumas dicas interessantes, confira!

Como desenvolver a capacidade de comunicação?

Se uma das principais funções do coordenador é a comunicação, usar ferramentas adequadas para facilitar a troca de informações pode ajudar muito. Para comunicação interna, ferramentas como o Slack ou Skype podem ajudar.

No aplicativo da Escola em Movimento, a escola pode fazer tanto a comunicação interna como a comunicação com os pais.

Outra vantagem bem interessante é que, em alguns casos, as escolas não desejam os professores falem diretamente com os pais. Assim, essas mensagens enviadas pelos professores podem passar por aprovação dos coordenadores. Assim a coordenação tem um controle maior de tudo que é comunicado e tudo que está sendo feito.

Para facilitar o trabalho, pode também criar um canal de atendimento “Fale com a Coordenação” para que os pais enviem dúvidas, sugestões, críticas ou elogios. A abertura para o diálogo é essencial para que o trabalho da escola continue melhorando dia após dia.

No entanto, sabemos que a comunicação mais importante é feita pessoalmente. Com os pais e também os professores. É necessário um espírito de liderança, para conseguir articular os interesses, ponderar conflitos e buscar soluções em conjunto.

Antes de tudo, é bom ter um ouvido atento, e procurar entrar na perspectiva de quem nos fala, para que consigamos diagnósticos mais precisos sobre cada situação. Essa capacidade de compreensão ajuda e muito o trabalho!


Coordenador pedagógico: o que fazer e o que não fazer

A atribuição articuladora de um Coordenador Pedagógico exige que esse profissional ofereça aos professores condições para que trabalhem, de maneira coletiva, as propostas curriculares. Além disso, a articulação deve possibilitar a interdisciplinaridade e a adaptação de qualquer conteúdo à grade curricular. Isso visando a conciliação e os melhores resultados para os alunos.

A comunicação, nesse sentido, é fundamental, tanto com professores, como com alunos e pais.

Como formador, esse profissional deve, mais uma vez, oferecer condições e viabilizar o trabalho dos professores no aprofundamento em sua área específica de trabalho. Esse compromisso de desenvolvimento dos professores deve levar em consideração todos os atores de uma escola.

Nota-se então a importância da comunicação entre pais e escola. Ter uma ferramenta de comunicação escolar, por exemplo, ajuda o coordenador a realizar melhor seu trabalho porque passa a acompanhar a interação entre pais e professores.

O aspecto transformador de sua atividade profissional deve ser cumprido, sempre proporcionando questionamentos, uma postura crítica e reflexiva de seu corpo docente e escolar como um todo.

Dessa forma, o Coordenador Pedagógico será responsável por recriar constantemente o ambiente escolar, sempre com o auxílio dos atores — pais, alunos, professores.

Um coordenador não pode, de jeito nenhum, ter dificuldades para se relacionar. Ele precisa saber lidar com as pessoas, gerir bem suas emoções, raciocinar e se expressar de forma clara, para que consiga influenciar positivamente o ambiente.

Como gerar mais benefícios para o ensino?

Um cargo tão amplo como o de um Coordenador Pedagógico proporciona, além de variadas e importantes funções, uma grande diversidade de benefícios ao ambiente escolar.

Manter-se sempre atualizado e antenado às demandas dos alunos é uma necessidade. Sugestões de professores e desejos dos pais serão também muito bem-vindas. O Coordenador Pedagógico precisa articular todos os saberes e anseios, potencializar projetos e agregar novidades, sendo capaz de transformar a escola em um ambiente harmônico e completo de produção e transformação.

O que motiva os melhores coordenadores e coordenadoras é que o resultado do trabalho realmente transforma vidas. Afinal, alunos que deixam de ser indisciplinados para se tornarem engajados e sedentos por aprendizado são uma recompensa e tanto.

Estas pessoas que fazem a diferença na educação nunca são esquecidas e têm um valor gigante para o futuro da sociedade. Esta vontade de fazer a diferença é o que mais motiva os melhores educadores no mundo inteiro. Convenhamos que o peso da responsabilidade é altamente recompensador. A sensação de gratidão é boa demais, não é?

Algo que pode gerar muito valor ao trabalho é entender como lidar com as dificuldades de aprendizagem. Cada aluno aprende de um jeito, e cada um também tem diferentes dificuldades. Entenda melhor lendo este artigo. 


Ter olhar apurado e visão de líder faz toda a diferença!

Claro que o papel do coordenador não é o de líder da escola, mas um espírito de liderança vai sim ajudar a fazer um melhor trabalho.

Isso porque um profissional antenado vai conseguir enxergar oportunidades de melhoria. Melhor que isso, vai conseguir se relacionar com as pessoas de forma a ajudá-las a atingir seus objetivos.

Com o espírito de liderança, vai conseguir deixar os professores em situações mais confortáveis para realizarem bem seu trabalho.

O Coordenador Pedagógico carrega um grande desafio e deve aliar-se a todos os atores escolares para que cumpra suas funções com primor.

Conheça bem os pais e os colaboradores

O contato que os coordenadores têm com os pais é pequeno e superficial, porque, claro, quem passa mais tempo na escola são os alunos. Mas, o que pode ajudar muito na relação pais e escola pode ser a realização de pesquisas.

Com o uso de uma Agenda Digital, criar pesquisas e enviar aos pais fica muito fácil. Logo, aproveite essa comodidade para conhecê-los melhor e ajudar a moldar essa imprescindível parceria. Veja este artigo que explica como usar a Agenda Digital para fortalecer a parceria com os pais.

Você pode fazer perguntas até para estimulá-los em que ponto estão interagindo com a escola e ajudando os alunos a se desenvolverem. O que pensam que é papel dos pais, o que é papel das próprias crianças, e o que é papel deles?

Identificar bem o perfil dos pais vai fazer com que o trabalho da sua escola seja muito mais assertivo. Porque vai ser possível identificar possíveis falhas na relação e melhorá-las. Assim como você pode visualizar o que funciona bem, e então fortalecer esta ideia.

Para conhecer bem os pais, a Survey Monkeys, em parceria com a Faculdade de Educação de Harvard, desenvolveu alguns questionários para ajudar as escolas a melhorarem o envolvimento dos pais. Confira!

Conhecer bem os colaboradores também é imprescindível, porque, estando eles motivados, tudo flui melhor. Se eles estão realmente se sentindo bem, em situação confortável, onde podem desenvolver e aplicar todo seu potencial, os resultados são bem melhores.

Se não estão satisfeitos, em algum momento vão refletir isso em alguma atitude com os alunos ou pais. Logo, é muito importante cuidar bem dessa relação e valorizar sempre os professores.

E aí, gostou das dicas? Compartilhe conosco sua opinião nos comentários!

 

PéssimoRuimRegularBomExcelente (9 voto(s), média: 4,11 de 5)
Loading...