As regras de ouro para retenção e captação de alunos

Escola em Movimento > Blog > Comunicação Escolar > As regras de ouro para retenção e captação de alunos

As regras de ouro para retenção e captação de alunos

Postado por: admin
Categoria: Comunicação Escolar
Regras de ouro para a retenção e captação de alunos

Todo gestor escolar quer que sua instituição seja atraente a novos alunos e que satisfaça os atuais a ponto deles não desejarem sair mais.

Consequentemente, para que a escola tenha estes resultados os colaboradores precisam estar engajados e cientes do propósito de educação da instituição.

Quais são os principais objetivos? Em que a sua escola se diferencia dos demais? A comunicação com os pais é bem feita?

Retenção e atração de alunos são necessidades diferentes, mas vários dos conceitos são parecidos. Isso porque a escola só retém alunos se estiver gerando os valores esperados pelos estudantes e pais.

E para atrair novos, ela precisa comunicar o que faz de bom para conquistar novos parceiros.

Separamos o post em duas partes, uma com as dicas focadas na retenção e outra na captação. Listamos algumas importantes dicas para ajudar as escolas a terem os melhores resultados possíveis.

MELHORANDO A RETENÇÃO

Porque os estudantes deixam a sua escola?

Essa é a primeira pergunta a ser feita quando falamos de retenção de alunos. Entendendo o porquê, o próximo passo é tentar melhorar os aspectos que estão sendo mais decisivos na escolha dos pais e alunos ao deixarem a escola.

É o desenvolvimento do aprendizado? A opção por outras escolas mais inovadoras? Algum problema de relacionamento? Sua escola não está sabendo comunicar bem os valores gerados?

No momento em que estiver recebendo feedback dos pais do porquê do fim da parceria, aceite as críticas recebidas, e entenda que essas informações vão te ajudar a melhorar os processos atuais da escola.

Não é fácil receber críticas, mas elas ajudarão no crescimento da sua instituição. Como certa vez disse o famoso empresário Bill Gates: os clientes insatisfeitos podem ser a sua maior fonte de aprendizado.

Realize pesquisas com os pais

Você sabe porque os pais e alunos escolheram a sua escola? Sabe se os fatores que mais foram decisivos para a escolha foram a localização, a estrutura, o método de ensino, o preço ou alguma outra razão?

Já no início da parceria é importante entender o perfil das pessoas com que você está lidando. Assim, o discurso e as ações devem estar alinhadas para atender as expectativas.

Sabemos que alguns pais priorizam determinados valores e por isso escolheram a sua instituição.

Você conhecendo bem o perfil do seu público pode personalizar bem a comunicação e aumentar a satisfação dos responsáveis.

Além de ser possível, com as pesquisas, identificar áreas e serviços da escola que podem ser aprimorados. Se antecipando assim às insatisfações dos responsáveis e evitando a troca de escola.

Pelo app da Escola em Movimento realizar pesquisas com pais e alunos fica muito fácil

Buscar o contato com os pais

No início, quando a solução de agenda digital começou a ser usada por mais escolas, era comum ouvirmos comentários receosos de educadores ao saberem que os pais poderiam entrar em contato via app.

Havia o receio de passarem o dia todo respondendo mensagens dos pais, mas na prática não é isso que acontece. Especialmente quando se usa Canais de Atendimento.

As escolas não precisam – e nem devem – ter receio de buscar esse relacionamento, porque ele é positivo de várias formas. Além da proximidade dos pais com a escola favorecer o aprendizado dos alunos, essa proximidade indica mais lealdade e tende a garantir que a parceria dure por longos anos.

Quando os pais estão engajados, procuram a escola com frequência e participam sempre dos eventos fica mais fácil consolidar a parceria. Fica mais difícil garantir a retenção quando a relação é frágil.

Tenha uma comunicação eficiente

Como a sua escola faz para se comunicar com os pais? Um aplicativo escolar vai facilitar e potencializar essa comunicação. Mas o que faz mesmo a diferença é a atitude que a escola tem ao se relacionar com os pais e alunos.

Uma escola que tem uma estratégia de comunicação bem definida sai na frente porque entende que comunicar o que ela faz de bom é essencial.

E assim consegue ganhar pontos importantes, fortalecendo o relacionamento com o público alvo.

Havia, no passado, a percepção que a comunicação com os pais devia ocorrer em casos de indisciplina ou dificuldade no aprendizado. Hoje as melhores escolas percebem que devem também se comunicar com os pais nos bons momentos.

É enviando conteúdo positivo, como um álbum de fotos, um relato importante sobre uma apresentação do filho, até mesmo um vídeo, que vai encantar o pai.

Isso vai permitir que os pais falem com os filhos de momentos vividos na escola. E o valor disso para as famílias é imenso, especialmente na educação infantil.

Usando um app, fica fácil tirar fotos de momentos importantes no dia a dia da escola e compartilhar com os pais. O custo benefício disso é alto, já que não custa muito tempo compartilhar as imagens e o valor percebido pelos pais é tão alto.

Fale com um Consultor
MELHORANDO A CAPTAÇÃO DE ALUNOS

Defina as metas

Quais são as metas de alunos? Quais turmas vai abrir? Essa é uma premissa básica para a captação, para que o trabalho da atração de alunos seja norteado. O processo é longo e demanda vários contatos entre a instituição e algum aluno em potencial.

Raramente a troca de escola é feita de forma rápida, sem prévia análise. Isso pelo peso que a decisão envolve. O estudante deixa para trás amigos, fortes laços, uma metodologia que já está acostumado, logo, antes da decisão ser tomada existe um processo.

É interessante, no momento de captação, buscar entender quais canais de tração de alunos estão sendo mais eficazes. Para isso, no momento da matrícula, é importante a escola saber qual foi o fator mais importante para a escolha da instituição e por onde ela foi conhecida.

Foi indicação de um outro pai? Foi pela rede social? Pelo anúncio na revista? Algum outro tipo de campanha? Ter essa informação ajudará a escola a entender que tipos de canais são os mais eficientes para atrair estudantes.

Tenha alunos e famílias embaixadoras

Como falado em um tópico acima, é muito importante avaliar a satisfação dos pais com a instituição.

Sabendo quais são os mais felizes com a escola, os gestores e demais colaboradores podem aproveitar essas famílias para produzir casos de sucesso para que sejam usados como propaganda da instituição.

Seja um vídeo, post para o blog, ou até mesmo indicação para outras famílias, ter e identificar quem são essas pessoas que amam a sua instituição vai deixar tudo mais fácil.

Aproveite também para fortalecer o relacionamento com essas famílias que são as promotoras da sua escola, para manter o alto nível de satisfação.

Tenha uma boa presença digital

Atualmente, quando queremos um novo serviço ou produto fazemos sempre a mesma coisa: vamos ao Google!

Em muitos casos acessamos então o site e redes sociais para entender melhor. Quando os pais procuram escolas para seus filhos não é diferente. Em muitas cidades já existe uma tradição com várias escolas já conhecidas.

No entanto, em muitos casos os pais mudam de cidade e usam a internet como uma referência real de informação.

Por isso, ter um site bonito, que conta a história e o propósito da sua escola é fundamental. Quem consegue se posicionar bem no Google para pesquisas também sai na frente, especialmente nas cidades grandes.

Para ajudar no planejamento, você pode acessar a ferramenta gratuita Ubersuggest, digitar palavras como Escolas (Nome da sua cidade) e ver quantas pessoas pesquisam por isso mensalmente. Ou também: Melhor escola em (Nome da sua cidade/bairro ou região).

Se estiver em uma cidade média ou grande, você vai perceber que algumas escolas já usam o Adwords – ou seja, pagam para aparecer entre as primeiras opções.

Tendo um orçamento para isso e um profissional em marketing na escola, é recomendável testar a eficiência do método. Alinhado à sua meta de tração de alunos, pense em quanto precisa investir para que consiga fechar uma matrícula. Este cálculo vai te ajudar a medir a eficiência do investimento.

Pesquisa Escolas São Paulo Ubbersugest
Em CPC, você sabe quanto pagará por cada clique do seu anúncio. Por mês, 880 pessoas pesquisam pelo termo “Escolas São Paulo”.

Investir em conteúdo relevante, tendo um blog próprio da escola, também pode ser bem interessante para a sua estratégia digital. Tanto porque isso pode agregar muito valor aos pais que já são parceiros, como pode contar as melhores histórias da sua escola, atraindo mais matrículas.

A estratégia de usar conteúdos já é amplamente adotada por outros tipos de empresas. Entre as escolas, ainda não é tão comum. A Rock Content, empresa especialista em conteúdo no Brasil, produziu um conteúdo explicando tudo sobre o marketing de conteúdo para instituições de ensino.

Veja também

Administração Escolar: O que aprender com as Startups?

NPS: A métrica que sua escola precisa usar para reter alunos

Conte a história dos ex-alunos

Dos que passaram em sua escola, você sabe dizer quais foram os mais bem sucedidos? Impossível não ter vários exemplos de pessoas que tiveram carreiras de sucesso, mas é bastante comum ver escolas que não divulgam e nem contam essas histórias.

Storytelling nas Escolas
Assim como falamos acima, de usar os pais satisfeitos como promotores da sua escola, usar as histórias dos ex-alunos é uma dica bastante válida.

Nada mais enriquece a comunicação como as boas histórias. Conte as melhores histórias da sua escola, buscando manter um relacionamento com aqueles que viveram importantes momentos na sua instituição.

Convide-os para bate-papos com os alunos, para palestras e se puder crie até uma página em seu site. Assim fica mais fácil comunicar ao público quais são os diferenciais da sua escola.