Como fazer reuniões que realmente encantem os pais?

Escola em Movimento > Blog da Comunicação Escolar > Comunicação Escolar > Como fazer reuniões que realmente encantem os pais?

Como fazer reuniões que realmente encantem os pais?

Posted by: admin
Category: Comunicação Escolar

Conduzir reuniões de pais e professores de maneira produtiva e proveitosa é um grande desafio para educadores de todos os níveis de ensino.

Os pais dos alunos, afinal de contas, chegam ao evento com grandes expectativas a respeito do rendimento dos filhos e o posicionamento da escola.

Então, o planejamento é essencial para que este contato presencial seja desfrutado pela escola e também pelos responsáveis.

Diante disso, como realizar encontros que realmente encantem os pais?

Antes de tudo é preciso ter em mente a importância da parceria entre pais e escola. 

Essa parceria é fundamental por vários aspectos. Primeiro, sabemos que os alunos aprendem melhor quando os pais participam ativamente da sua vida escolar.

Segundo que com pais satisfeitos com a escola o trabalho flui mais fácil. A instituição ganha um importante aliado para ajudar no desenvolvimento dos estudantes.

Para ajudar nas atividades extra-classe, para participar das reuniões, ajudar os alunos a construir bons hábitos de estudo, e por aí vai.

Terceiro, claro, que com essa boa relação a taxa de retenção de alunos tende a ser mais alta, o que beneficia todos os colaboradores do estabelecimento de ensino.

Logo, aproveitar a reunião de pais para estimular essa parceria e mostrar tudo que a escola faz de bom é fundamental.

Este encontro com os responsáveis é ideal para estimular bons hábitos e conscientizá-los sobre questões importantes sobre a educação.

Além de ser também uma boa oportunidade para ouvi-los, trocar ideias e dialogar.

Confira nossas dicas e saiba como fazer uma reunião entre pais e professores mais produtiva e melhorar a comunicação na escola!

Infográfico Reunião com os pais
Antes de tudo, conheça bem o perfil dos pais

É fundamental que a escola conheça bem os pais e o alunos. Como atender as expectativas sem nem ao menos saber quais são as principais? Logo, uma pesquisa quando o aluno entra na instituição pode trazer insights muito interessantes.

As perguntas do questionário podem abranger questões como o temperamento das crianças, as principais dificuldades, se elas possuem alergia a algo, se há doenças preexistentes ou déficits de aprendizagem e qual a expectativa em relação à escola.

Se preferir, essas pesquisas podem ser feitas depois do aluno já estar na escola.

Ao usar uma Agenda Digital, você pode facilmente enviar pesquisas assim para que os pais respondam no app. Veja aqui como usar a Agenda Digital para fortalecer parceria com os pais. 

Aproveite também para medir o interesse dos pais pelas reuniões e buscar saber deles o que esperam desses encontros. A informação que eles podem passar darão um bom norte para planejar a reunião.

Entender também o nível de engajamento das famílias na educação contribui para um melhor direcionamento da comunicação com os pais. Veja como baixando esse Ebook. 


O que fazer antes da reunião?

Um planejamento bem feito é imprescindível. Antes da reunião, coordenação pedagógica, direção e demais que forem participar do encontro com os pais precisam elaborar o roteiro a ser seguido que envolva os pais e professores.

Assim, define-se com clareza os principais objetivos da reunião e a sua programação. Mostre para os pais que você considera o tempo deles valioso.

Logo, evite ao máximo atrasos e desorganização. Tudo isso prejudicará a imagem da escola, assim como fará que o engajamento dos pais vá diminuindo ao longo do tempo.

Da mesma forma, não vale estender demais o tempo da reunião, porque pode ficar um pouco cansativa. Sabemos que não é fácil prender  a atenção das pessoas por muito tempo.

Ainda mais em tempos de smartphones que deixam as pessoas mais aceleradas e conectadas.

Divulgar as datas das reuniões com antecedência, configurando lembretes periódicos no aplicativo da escola, também é algo que auxilia bastante a melhorar o engajamento.

A realização de uma dinâmica para a reunião de pais também pode ser uma boa, para deixar o clima mais leve e deixar os responsáveis mais à vontade.

Aposte em uma boa dinâmica para reunião de pais para conduzir o diálogo

A dinâmica de condução da reunião também é fundamental para a sua eficácia. Incentivar a participação e o engajamento dos pais com a escola e o diálogo estabelecido, sem o risco de desvio dos principais pontos a serem discutidos, é o grande desafio.

Ainda que os pais estejam ansiosos para saber e debater o desempenho de seus filhos, é importante deixar claro o roteiro. Assim, as metas centrais não são perdidas no meio do encontro e a reunião não se torna cansativa e improdutiva.

Por outro lado, a participação de todos os pais é importante e deve ser valorizada. Por este motivo, fazer observações sobre cada uma das falas deste público, procurando trazer o assunto do plano individual para o geral quando necessário, é um bom método para conduzir a troca de ideias.

Neste momento, o importante é transmitir e explanar informações que são importantes para todos os alunos, cumprindo objetivos estabelecidos.

A dinâmica de grupo, enfim, deve prevalecer. Posteriormente, pode-se realizar o atendimento dos pais interessados em uma conversa individual.


Aproveite para apresentar a escola aos pais

A relação entre pais e escola começa a partir do acolhimento.

Os momentos de encontro presencial, às vezes, são mais raros, então aproveite para fazer uma recepção afetiva e hospitaleira.

Além disso, os pais precisam conhecer o ambiente escolar e isso não abrange apenas a sala de aula.

Para que os pais estabeleçam com a escola uma parceria pautada na confiança, é necessário que eles saibam onde o filho realizará cada atividade, precisam ter certeza que os ambientes são seguros e favorecem o desenvolvimento de seus filhos.

Outra ideia interessante é aproveitar a reunião para expor trabalho dos alunos.

Se por um lado, os pais ficam orgulhosos das criações dos filhos, por outro, os filhos se sentem estimulados a produzir algo que será visto por sua família.

Abrir as portas da escola para esse tipo de acontecimento é fundamental para fortalecer o vínculo entre pais-alunos-escola.

Ao mesmo tempo, as reuniões se tornam mais atrativas para os pais.

O que os pais costumam esperar das reuniões?

Há algumas informações que são importantes e são de grande interesse dos pais.

Que tipos de conteúdo a criança deve aprender ao longo do ano?

Como a criança está evoluindo?

Quais são as disciplinas que o estudante está indo melhor, e em quais tem mais dificuldades?

Os deveres de casa estão sendo satisfatórios?

Que tipos de testes o aluno passará ao longo do ano?

O estudante em questão se relaciona bem com seus colegas?

O que pode ser feito pelos pais em casa para ajudarem no desenvolvimento dos alunos?

Muitas dessas questões fazem sentido em um contato individual com os pais, para um retorno mais personalizado.

Afinal, expor o mau comportamento de determinado aluno para todos é altamente constrangedor para a família. Logo, é algo que não pode acontecer nas reuniões de pais.

Como garantir uma maior participação dos pais?

Ter uma boa comunicação com as famílias vai fazer toda a diferença no engajamento delas com a escola.

Se sentem-se valorizadas e estão conscientes da importância da parceriaa tendência é que participem mais.

Por isso, sempre envie conteúdos educativos pelo aplicativo da escola para conscientizar os pais sobre a importância da participação deles na vida escolar dos alunos.

Não há um segredo fácil e simples para garantir a participação de todos. No entanto, uma boa comunicação, somado ao sucesso das reuniões anteriores, vão ajudar a sua escola a contar com um número maior de responsáveis.

O que falta para a sua escola ter uma Comunicação Incrível?

Quando a comunicação da sua escola encanta os pais, quer dizer que os valores que estão sendo gerados estão sendo percebidos.

Se a sua escola ter mais alunos e ser sustentável financeiramente, deve ter a comunicação como uma das prioridades.

Afinal, se ela for efetiva, a tendência é que sua instituição tenha pais mais satisfeitos com o serviço prestado.

Se estão satisfeitos, naturalmente vão te ajudar a atrair novos estudantes. Afinal, as indicações tem um peso muito forte no momento da escolha da melhor escola para o filho.

Saiba mais lendo este artigo.

Avalie a eficácia e o nível de satisfação com o encontro

O processo de planejamento e organização de reuniões de pais e professores é também um processo de aprendizado.

Para aprimorar, de forma contínua, a dinâmica dos encontros e o atendimento aos familiares, é importante mensurar a satisfação dos presentes sobre a ocasião.

Como falado acima, para avaliar, o envio de questionários via Agenda Digital é provavelmente o método mais simples e prático.

Ou podem também optar por um método mais tradicional, aplicando um questionário. Ele pode ser preenchido no fim do evento, enfatizando a importância do mesmo para um constante aprimoramento das reuniões.

A partir dos resultados, será possível analisar os impactos do encontro e as impressões dos pais sobre o diálogo que foi estabelecido. Além de levantar pautas importantes a serem tratadas nos próximos eventos.

Por fim, é interessante enviar um resumo com o conteúdo da reunião para os pais e familiares que não puderam comparecer. Isto, além de apresentá-lo para a equipe da escola e debater seus desdobramentos com a coordenação pedagógica.

Organizar e conduzir reuniões produtivas é um passo importante para estabelecer um contato efetivo entre pais e educadores. Isto fomenta a ponte entre os familiares e a escola.

Promover este engajamento permite a escola criar um ambiente mais agradável aos alunos, e consequentemente ter melhores resultados.

E você, gostou das nossas dicas para promover reuniões mais produtivas e melhorar a comunicação na escola? Tem ideias e experiências para compartilhar conosco? Não deixe de comentar!