Saiba como aproximar cada vez mais pais e escola

Escola em Movimento > Blog > Arquivo Aplicativo Escolar > Saiba como aproximar cada vez mais pais e escola

Saiba como aproximar cada vez mais pais e escola

Postado por: admin
Categoria: Arquivo Aplicativo Escolar
Saiba como aproximar cada vez mais pais e escola

Para promover um ensino-aprendizagem relevante, é fundamental que o tripé composto por alunos, pais e escola esteja firme. Se um deles fraquejar, possivelmente o resultado educacional não será positivo.

Vale destacar que a inserção dos pais no contexto pedagógico é uma das missões mais importantes – e desafiadoras – dos gestores escolares e dos próprios professores, afinal, são os pais que fazem parte da rotina das crianças na maior parte do tempo. Além disso, ninguém conhece e quer bem seus filhos, tanto quanto os próprios pais.

A boa relação entre pais e escola é tão importante que o assunto aparece em destaque na LDB – Lei de Diretrizes e Bases e no ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente. De acordo com ambas as publicações, os pais possuem o direito de saber como anda o processo pedagógico, bem como podem participar da definição de propostas. Os documentos alegam ainda que as escolas têm a obrigação de articular com as famílias dos educandos.

Diante desse panorama, os pais dos alunos se tornam grandes aliados em todo e qualquer processo educacional, apesar de nem todos os educadores pensarem assim. Nós acreditamos que o ensino de qualidade depende também do auxílio da família, por isso, listamos a seguir algumas excelentes estratégias para aproximar os pais de alunos da escola. Confira!

Apresentar a escola para os pais

A relação entre pais e escola começa a partir do acolhimento. Essa etapa inicial deve ser marcada pela afetividade e pela boa recepção. Além disso, os pais precisam conhecer o ambiente escolar e isso não abrange apenas a sala de aula. Para que os pais estabeleçam com a escola uma parceria pautada na confiança, é necessário que eles saibam onde o filho realizará cada atividade, precisam ter certeza que os ambientes são seguros e favorecem o desenvolvimento de seus filhos.

Proximidade entre pais e escola é fundamental. Reprodução.

Sendo assim, mostre para eles as áreas dedicadas à recreação, às experimentações, aos estudos, à alimentação. Não deixe de mostrar também a secretaria, a diretoria, a biblioteca e até os banheiros. Tudo isso é muito importante e revela o quanto a escola é transparente. Por fim, apresente o projeto pedagógico aos pais. Eles precisam ter ciência de como a escola atua!

Entrevistar os pais

É fundamental que a escola conheça bem os pais e o aluno, a fim de desenvolver o melhor trabalho possível. É nesse sentido que a entrevista se torna indispensável!

O ideal é propor um questionário (de preferência escrito) durante o ato da matrícula. As perguntas devem abranger questões como o temperamento das crianças, as principais dificuldades, se elas possuem alergia a algo, se há doenças preexistentes ou déficits de aprendizagem e qual a expectativa dos pais em relação à escola.

Não podem faltar os dados pessoais dos responsáveis, telefones de contato para emergência, endereço etc. Cumpre ressaltar que as ferramentas tecnológicas podem ser usadas para arquivar essas informações. Além disso, o questionário pode ser respondido através de e-mails e apps.

Fazer reuniões

Parece uma estratégia antiquada, mas as reuniões de pais são fundamentais e atemporais. As pautas das reuniões devem ser informadas com antecedência, assim como a data dela. A finalidade deve ser manter os pais informados sobre o desempenho dos filhos, tanto em relação às notas quanto ao comportamento, envolvimento, dificuldades etc.

Outro cuidado a ser tomado é marcar horários convenientes para os pais. Evite anotar ou colar recadinhos na agenda, o ideal é que o contato seja direto, assim você tem o feedback imediato do pai e evita mal entendidos. Vale salientar que as reuniões não anulam a importância do acompanhamento diário e gradual por parte dos pais. O ideal é mantê-los a par de tudo sempre!

Expor o trabalho dos alunos

Essa estratégia é uma via de mão dupla. Se por um lado, os pais ficam orgulhosos das criações dos filhos, por outro, os filhos se sentem estimulados a produzir algo que será visto por sua família. Abrir as portas da escola para esse tipo de acontecimento é fundamental para fortalecer o vínculo entre pais-alunos-escola. Promover festinhas, encontros e confraternizações também são estratégias que seguem essa mesma lógica.

E aí, gostou das nossas sugestões? Elas são apenas algumas estratégias, dentre tantas outras possibilidades de integração dos pais ao ambiente escolar. Lembre-se que cada escola tem uma realidade distinta. Descubra qual é a realidade da sua escola e implemente essas e outras medidas, como por exemplo, a criação de associações de pais e alunos, fundação da escola aberta, visitação das famílias em casa e incentivo à participação nos conselhos escolares.