Como utilizar e configurar o Integrador

Escola em Movimento > Como utilizar e configurar o Integrador

Como utilizar e configurar o Integrador

Para iniciar a utilização do Integrador é necessário inicialmente configurar o acesso ao ambiente.

Acesse o menu GERAL > AMBIENTE para criar um novo registro.

Informe Nome do usuário, Senha, Login e E-mail, tal como Endereço do ambiente e o Token.

No sistema web, para gerar o token clique no menu superior com nome do usuário logado, em seguida GERAR TOKEN DE API.

Em seguida efetue o login através do menu GERAL > SEGURANÇA.

Assim que logado esta tela exibirá informações de qual ambiente o integrador esta apontado.

Configure uma nova conexão com o banco no menu GERAL > CONEXÕES.

Devem ser informados Nome da conexão, tipo de conexão, tipo de banco de dados além da String de conexão(contendo servidor, porta, nome do banco, usuário e senha de acesso).

Após criados novos controles, serão listados no menu SINCRONIZAÇÃO > CONTROLE DE SINCRONIZAÇÃO.

Os controles podem ser sincronizados manualmente nesta tela. Também sendo possível criar um novo controle e editar ou excluir um controle já existente.

A tela de novo controle possui as seguintes informações:

  • Nome: Nome do controle utilizado
  • Expressão Cron: Expressão cronológica que define quando o controle será executado automaticamente.
  • Controle pai: Controle que possui um ou mais subcontroles sendo assim executados logo em seguida deste.
  • Ordem: Ordem de sincronização.
  • Conexão: Conexão que este controle utilizará.
  • Ambiente: Ambiente a qual o controle esta direcionado.
  • Contrato: Tipo de contrato de sincronização(alunos, turmas, usuários, etc). Abaixo será exibida um quadro com as informações necessárias a serem consultadas no banco para este controle.
  • Consulta: Caixa de texto para descrever a consulta a ser realizada.
  • Parâmetro de consulta: Sendo possível setar uma variável auxiliar dinâmica à consulta.

Teste o novo controle e salve em seguida.

Após executada sincronização o histórico será registrado no menu SINCRONIZAÇÃO > HISTÓRICO DE SINCRONIZAÇÃO, assim como informações de início, tempo gasto na execução, tentativas, informações do controle sincronizado e status, assim como possíveis logs de erro interno se houver.

Para mais detalhes de como verificar erros de sincronização, clique aqui.